fbpx

Quando a indústria alimentícia percebeu que as pessoas estavam evitando o açúcar, começou a substituir essa palavra nos rótulos por outros termos que, no fundo, querem dizer a mesma coisa.

A tabela nutricional apresentada nos rótulos dos alimentos, revela a composição e mostra quais são os elementos saudáveis ou prejudiciais ao nosso corpo.Mas não adianta procurar somente por nomes familiares.

várias denominações para o açúcar escondido em produtos industrializados, como por exemplo nos hambúrgueres congelados! Isso mesmo! Pegue uma caixa de hambúrguer e leia o rótulo na próxima vez que você for fazer compras. Você não encontrará a palavra “açúcar” entre os ingredientes, mas ele estará lá, escondido sob o nome de maltodextrina.

Confiram a lista abaixo de 7 nomes esquisitos do açúcar e suas especificações:

 

Maltodextrina

 

Esse é um ingrediente que possui alto índice glicêmico, ou seja, é um ingrediente que é metabolizado de forma muito rápida, podendo causar picos de insulina no organismo.

Duas das consequências do uso regular e sem moderação de maltodextrina é o ganho de peso e o diabetes.

 

Frutose

 

Muitos associam o nome a frutas, o que está até certo, mas quando se lê frutose em um rótulo, pode-se entender como açúcar industrializado.

A frutose é o segundo tipo de açúcar mais encontrado nos produtos e não é nada bom se comparado às frutas, que possuem os açúcares mais saudáveis que existe.

Você encontra, por exemplo, frutose em sucos de caixinha, e que, quando consumidos sem moderação podem incorrer resistência à insulina.

 

Dextrose

 

Mais um nome esquisito do açúcar: dextrose.

Para os desinformados, quando você vê um produto que em sua composição consta dextrose saiba que é açúcar, na sua forma mais simples, afinal, dextrose é a mesma coisa que glicose.

A dextrose é outro ingrediente que pode problemas metabólicos em razão de eventuais picos de insulina no sangue.

 

Lactose

 

Mais um ingrediente que é associado a outro, dessa vez ao leite, o que também não está errado, mas a lactose também pode ser considerada um nome esquisito do açúcar e merece atenção quanto ao consumo.

 

Xarope de milho

 

Outro ingrediente que ‘esconde’ o açúcar. O xarope de milho é produzido a partir do amido de milho e na sua composição tem glicose.

É um ingrediente muito utilizado em bolos, sorvetes e geléias.

 

Xarope de malte

 

Mais um xarope. Na verdade, quando o ingrediente tiver a palavra xarope, pode considerar que existe uma porcentagem de açúcar no produto final.

Quem se utiliza muito do xarope de malte para os seus produtos são as cervejarias caseiras, principalmente as dos Estados Unidos.

 

Açúcar invertido

 

Esse vem com identificação, mas ainda confunde muita gente.

 

O que seria um açúcar invertido de fato?

 

Vamos explicar exemplificando: a composição de glicose e frutose (açúcares) forma a sacarose. Quando misturados em água acontece a hidrólise, que é o desdobramento da molécula fazendo com que ela volte ao estado inicial, ou seja, açúcar.

É comum você encontrar açúcar invertido em bolos e biscoitos (bolachas).

Fique esperto, porque é tudo açúcar além desses nomes ai ainda tem muitos outros mais.  

 

E olha só a pegadinha:

 

Muitos produtos light ou “zero de gordura” têm ainda mais açúcar em sua composição.

Sabe por quê?

A partir da segunda metade do século 20, os consumidores começaram a se preocupar com a presença de gordura dos alimentos industrializados. A indústria alimentícia aumentou a oferta de itens com quantidade reduzida de gordura. Mas para que esses produtos ainda fossem gostosos, passaram a usar açúcar, em busca de sabor e textura.

O resultado foi o aumento nos índices de obesidade, apesar da enorme gama de produtos ultra processados com pouca ou nenhuma gordura.

Gostou da informação? Tem alguma dúvida com algum outro rótulo? Entre em contato conosco através de nossas Redes Sociais.